A Vergonha É Uma Opção


Os meus clientes por vezes pensam que há apenas duas razões pelas quais não estão a alcançar os seus objetivos - não se importarem com o objectivo (ou evitar), ou sentirem envergonha e julgarem-se.


Eles acreditam que a vergonha surge quando não conseguem alcançar os seus resultados, por exemplo quando alguém não se envolve com os seus post, ou ninguém diz sim a um produto que estão a vender e não conseguem recuperar em pouco tempo o seu investimento.


Eles acham que a vergonha é inevitável - que simplesmente acontece.


Mas a vergonha é uma escolha.


Você é que a escolhe.


Porque a forma como pensa sobre o acontecimento (circunstância) é opcional. No Modelo Mental aprendemos isto com profundidade.


Você tem todo o controle sobre como interpreta o que aconteceu, e isso determina como se vai sentir.


E você tem mais opções do que apenas "não se importar" e julgar-se.


Tem a opção de ficar curioso. A curiosidade é uma opção excelente! Ser curioso é uma opção, o desapontamento é também uma opção.


Desilusão? Sim. É muito mais produtivo do que a vergonha. Diz-te: "eu queria uma coisa e não a consegui. Sinto-me triste."


Ao invés de " eu queria algo, e não percebi porque não consegui." Isto não, não é produtivo!


Como se sentes, determina o que faz a seguir.


A curiosidade pode ser a sua próxima acção. Questionarte, desafiar-te, sentir compaixão por si, amar-se, dar graças também são excelente acções.


Achamos que a envergonhar-nos é inevitável, mas não é, e não resolve nada, pelo contrário, o impede de tomar o próximo passo.


Descobri que amar-me conserta muito mais do que julgar-me


Mas comesse por se aperceber que é uma escolha.


Então, a verdadeira questão é ... porque está a escolher a vergonha?


Se você tem tendência a se entregar à vergonha, esta pergunta é definitivamente para si. Por quê?


E se não a tivesses escolhido? O que teria se possibilitado fazer?


É radical, eu sei.


Algumas pessoas sentem vergonha antecipadamente, apenas por pensarem em fazer algo como vender os seus serviços e produtos, sentem vergonha e consequentemente ficam escondidos. Não nos permitem conhecer o seu dom. Que desperdício!


Atreva-se a escolher uma emoção diferente. O resultado será, com certeza, mais produtivo do que a vergonha.


Você vai lentamente começar a sair da crença de que você tem que sentir vergonha porque você é uma pessoa vergonhosa, ou porque você tem resultados vergonhosos. Vai sentir-se neutro lentamente.


E vai parar de levar tudo tão a peito.


Então, vais começar a gostar de descobrir as coisas.


E... vais começar a divertir-se.