Criação Intencional do Pensamento

Quando somos confrontados com um coisa nova a tendência mais natural da nossa mente é ir direto para "não sei", "estou confuso", ou "isto é o que me faltava.” Resistimos ao novo.


Quando esta coisa nova está relacionada a um objectivo, o “não sei” torna difícil à mente construir uma solução, pois ao mesmo tempo está a olhar para todo o trabalho duro que precisa ser feito, e que acreditas não saber como fazer.


Isso leva-te a focar excessivamente no que não está presente em ti, na falta de conhecimento, de experiência ou de informação. Quando estás focado nas habilidades que não tens, o que te está a faltar, ou as razões pelas quais não vai dar certo, é difícil encontrar todas as razões que fazem com que a coisa possa funcionar.


Entra na criação intencional do pensamento.


Não deixa o teu pensamento a mercê dos comandos da tua mente, pois ela só se pode apoiar na experiência passada para te dar soluções de coisas que ainda não viveste.


Cria um pensamento intencional, faz uma análise positiva da coisa que estás a trabalhar nela, antes de fazer um balanço dos obstáculos.


Primeiro tens que descobrir o que sabes e no que acreditas, antes de te focares naquilo que não sabes ou não acreditas... ainda.


Quando combinas a criação intencional do pensamento a cada movimento na tua vida, o resultado é que fazes mais movimentos, mais rápido. Alcanças um nível mais elevado de autoconfiança, e uma produtividade mais elevada.


Alcanças o sucesso mais rápido.


Quando comecei a Academia da Mente em Julho de 2020, foi mesmo no meio da pandemia, tinha muitas coisas que não sabia (e até hoje há coisas que ainda não sei). Tinha muitos problemas que precisava de resolver. Tinha muitas perguntas e muito medo e drama. Mas também comecei com o que sabia. Comecei com clareza sobre onde estava, e que parte do puzzle é que já tinha. Aprendi caminhando porque me abri a uma aprendizagem activa ao invés de uma aprendizagem passiva. Vendi-me ao sonho de criar a Academia da Mente.


Não me treinei para acreditar nela, ou em mim mesma.


Não usei a força.


Usei o que já tinha.


Tinha informação e conhecimento que já estavam na minha mente.


Porque a minha mente nunca pensou em ir lá primeiro. Eu tive que dá-la novos comandos e dizer agora vamos fazer tudo de forma digital, e vamos criar esta coisa nova.


Ela não gostou deste novo comando, deu-me muitos pensamentos negativos que me geraram dúvida, medo, angústia, vergonha, autocritica. Mas eu me abri-me a estes sentimentos e permiti que eles existissem sem impedir a minha acção.


É como se ela estivesses habituada a escrever com a mão direita, e de repente o comando fosse para escrever com a mão esquera. A reacção é “eu não sei ”mas na verdade o que está a dizer é “eu não estou habituado” se acreditares que ela não sabe, então paras e não avanças, mas se acreditares que ela não está habituada, ai sabes que podes criar o hábito e avanças.


Fazemos isto todos os dias na Academia da Mente


Exercitamos uma parte diferente da nosso mente.


Você vai começar a aprender sobre a criação intencional do pensamento e o Modelo Mental assim que entrar na Academia da Mente. E vais começar aplicar imediatamente no teu dia a dia.


Vais usá-lo todos os dias, e em cada momento descobres o que te tem travado, e assim ficas livre para tomar novas decisões e avançar, rapidamente.


Crias logo no primeiro mês... uma mentalidade mais positiva para abordar o que achares que te está a faltar para chegares onde queres. Seja um novo negócio, seja melhores relacionamentos, seja mais autoconfiança, seja mais dinheiro, seja gerir a tua equipa no emprego, aprender a lidar com o teu chefe difícil, seja perder peso ou simplesmente expandires a tua vida.


Desbloqueia a mente juntando-se a nós aqui.